Dicas para mudar

ORGANIZAR-SE


Dependo dos objetos que tenha em sua casa, serão necessário materiais especiais. Mas, para começar qualquer processos de embalagem são indispensáveis as caixas de papelão, o plástico-bolha e as folhas de jornal (ou papel kraft).
De forma geral, as empresas estão preparadas para realizar a mudança de objetos como cristais, espelhos, móveis com vidro e, até mesmo, eletrodomésticos. Mas algumas dicas podem facilitar a mudança destes objetos, que precisam de uma embalagem mais caprichada.
Antes de mais nada, separe e categorize esses itens mais delicados. Assim, você facilitará todo o processo de transporte e terá maior controle sobre os seus pertences. Para saber como embalá-los adequadamente. Apesar de não parecer, televisões, computadores, aparelhos de vídeo e de som também devem ser tratados como objetos sensíveis. A embalagem mais simples consiste em envolvê-los em plástico-bolha e depois em manta acolchoada.


TRANSPORTES DE PLANTAS E VASOS:


Quem está organizando uma mudança, geralmente prefere levar suas plantas em veículo próprio, numa tentativa de evitar que sejam danificadas pelo calor ou atritos com outros objetos.
Se você não pode levá-las sozinho, cheque com a empresa de mudança se existe um serviço específico ou se é possível realizar a última viagem com o caminhão apenas para levar suas plantas. Seja qual for o método de locomoção, atente-se para as dicas de preparação:

 

  • faça uma poda para eliminar galhos pontiagudos e evitar acidentes;
  • cubra vasos com saco plástico para que a terra não caia no interior do caminhão ou carro;
  • amarre e fixe os vasos no interior no veículo, para evitar que tombem.

 

OBRAS DE ARTES:


existem especialistas que não recomendam colocar pinturas dentro de caixas. Se o seu quadro for muito delicado, a recomendação é fixá-los na posição vertical e separados uns dos outros (se houver mais de um quadro). Para uma proteção extra, use algum material acolchoado entre os quadros.

ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO:


Já para transportar cães e gatos, por exemplo, o procedimento é diferente. Você pode buscar uma empresa especializada e autorizada para realizar transporte de animais, ou ainda há quem prefira levar o animal doméstico em seu próprio veículo ou de avião. Saiba quais são as normas gerais:

 

  • ser transportado com a carteira de vacinação em dia;
  • segundo o Código de Trânsito Brasileiro, os animais devem ser colocados em containers ou caixas apropriados e fixados com o cinto de segurança, sempre no banco de trás ou compartimento apropriado em caminhões;
  • em viagens de avião, é preciso ter o Guia de Trânsito Animal (GTA), que se trata de um documento expedido por um veterinário habilitado pelo Ministério da Agricultura. Confira as normas da companhia aérea que você contratar para mais detalhes.

 

Outras dicas valiosas para quem vai transportar o bichinho de estimação por conta própria são:

 

  • cubra o local com jornal;
  • utilize telas ou grades apropriadas nas janelas do veículo;
  • dê água ao seu animal a cada duas ou três horas. É recomendável parar e andar um pouco com ele em intervalos determinados;
  • evite alimentá-lo, caso a viagem não seja muito longa.

Home | Empresa | Serviços | Dicas para mudar | Orçamento | Contato

© 2007 - 2018 EEV Sites Todos os direitos reservados - Política de Privacidade